QUEM SOMOS

Conhecer é ser livre

Nas últimas décadas, confrontamo-nos com vastas transformações culturais, tecnológicas, políticas e sociais que, juntamente com a velocidade da comunicação e dos deslocamentos físicos e virtuais, abalaram parâmetros, conceitos e referências que nos norteavam até então. Pouco restou, também, das antigas fronteiras entre público e privado, arte e entretenimento, erudito e popular.
Como absorver e processar criticamente tais mudanças? São muitos os professores, filósofos, poetas, artistas, pensadores, que procuram estar à altura da complexidade do mundo contemporâneo. Assistimos, assim, a uma produção intensa e heterogênea na arte, na literatura, nas ciências, na universidade e nos meios de comunicação.
Atentos a tal quadro de crise e desafio, criamos o POP – Polo de Pensamento Contemporâneo: um espaço de estudo, discussão e convívio intelectual.

Com seu foco primordial voltado para o repertório de inquietações intelectuais e existenciais de nossa época, ele buscará atender a uma demanda expressiva: o desejo de construir modos eficazes de observação e análise da realidade.
Em sua atuação, o POP se propõe a ser um espaço de mobilização de idéias, constituindo-se em si mesmo num acontecimento cultural.